quinta-feira, 18 de setembro de 2008

"Vila da fantasia"


Após constantes momentos de delay e uma pitada de pressão pélvica por parte das meninas, resolvi postar.

Como primeiro post gostaria de relatar a vocês uma visita que fiz à Livraria da Vila, durante o fim de semana que estive em São Paulo.

A Vila Madalena, muito conhecida pelos seus bares, botecos, baladas e pela sua vida noturna agitada em geral, abriga uma grande e exótica livraria que me impressionou muito e que me fez acreditar que ainda existem lugares onde é possível gastar boas horas com conhecimento, lazer e entretenimento.

Quando cheguei à livraria, reparei em uma mesa grande de centro. Em cima, havia muitos livros intitulados "mais vendidos" e espantem-se: nenhum sobre auto-ajuda. Observei que a vendedora que atendia dois jovens relatava com prazer e profundidade os livros recentemente lançados. As pessoas que trabalhavam no café, dentro da própria livraria, escreviam em uma lousa pensamentos de escritores (o que descobri, posteriormente, tratar-se de uma rotina).

Achei importante contar isso a vocês porque é incrível descobrir lugares assim dentro de uma cidade tão "plural" como São Paulo, onde enquanto poucos têm acesso à cultura, outros muitos vivem frente a uma miséria impossível de se descrever. Mesmo sabendo que lugares como esse não são frequentados pela maioria, por motivos diversos e óbvios, vale uma tentativa ilusória de tentar apresentar locais que, mesmo que teoricamente, estão abertos à curiosidade e interesse das pessoas, sejam elas ricas, pobre, brancas, negras, doutores, semi-analfabetos etc.

7 comentários:

psychosocial_ disse...

essa é a vantagem de uma cidade como São Paulo né, apesar de todos os seus pesares e da pobreza que existe em todo lugar. Tomara que um dia todos tenham acesso a isso. Parabens pelo blog meninas! :) adorei! visitar-lo-ei sempre hahah

by Pinga

marina disse...

que texto mais...jornalístico!

Renato Diniz disse...

tá bom tá bom, mas isso de escrever na lousa tem até na livraria do shopping de bauru!!!

aaah, coloquei i link do blog de vcs no meu... façam o mesmo!

Taynara disse...

Eu moro aqui em sp, e curiosamente na vila madalena, realmente tem mta diversidade, mas infelizmente não faz parte de uma realidade pra todos, pq aqui qualquer tipo de diversão precisa de dinheiro, mesmo q seja somente o do onibus. Mas enfim, acho q vale a pena sim procurar algo q tenha a ver com o tipo de coisa q vc gosta, pq sem duvida sp tem mta coisa "escondida" que nem se viver aqui a vida toda vai conseguir descobrir, mas com certeza vale a pena tentar. Nem q se for pra ir pro ibirapuera no domingo ler um livro na sombra. Pelo menos vai conseguir ver gente de todos os tipos e formas diferentes. No minimo interessante e curioso!
Adorei o post, e o blog todo! Parabens!

Anônimo disse...

São Paulo, somos um somatório de qualidades e defeitos, alegrias e tristezas, festejos e tragédias.

célia disse...

São Paulo, somos um somatório de qualidades e defeitos, alegrias e tristezas, festejos e tragédias.

29 de Setembro de 2008 15:31

Anônimo disse...

São Paulo é sempre surpreendente.
Em alguns momentos se acha o máximo, e outros um horror. Nenhum lugar do mundo é tão maniqueísta.